Coisa

Mesmo sabendo que preciso dormir, fico aqui, mesmo que não falando com você, só sabendo que cê ta aí, que eu to aqui, que é só falar “amor” e cê vem e me responde, fico preso aqui como se o meu celular nesse momento fosse você deitada aqui do meu lado e mesmo eu precisando dormir, prefiro ficar acordado beijando seu pescoço e acariciando sua barriga e costas. É uma coisa que não consigo explicar, é muito maior que eu, uma coisa assim tão tão, que só consigo chamar de “coisa”, não consigo distinguir o que é isso. Isso já passou de amor tem muito tempo, essa tal coisa que sinto por você.

(Mais uma vez) Saudade

Enquanto ouvia Being As An Ocean dizer “Without you by my side, mybed seems so much colder at night” minha saudade ia aumentando cada vez mais, como sempre. Saudade essa que nunca vai embora, como já disse em tantos textos, mas isso nunca muda, a saudade, ela continua aqui, até mesmo quando você está aqui. Nunca tive isso de sofrer por antecipação, mas em relação a você sempre sofro, sempre penso na segunda de manhã, você indo embora e eu indo trabalhar, e com a noite chegando, chega também a impressão de que não te vejo a dias, aí que me dou conta que te vi de manhã e isso parece uma eternidade. Como você diz “até quando eu morar contigo vou sentir saudade”. Maior verdade, essa.